Aulas de Automaquiagem CRAS Jaguariúna – Projeto Social

Oi pessoal. No post de hoje vou falar um pouco sobre as aulas que ministrei no CRAS Jaguariúna em Outubro/2017.

Se engana quem pensa que maquiagem é futilidade, já falei isso antes aqui e falarei até morrer! A maquiagem vai muito além do ato de se pintar, tem haver com autoestima, autoconhecimento, feminilidade, empoderamento, força e muito mais. Eu, como maquiadora, me sinto muitas vezes uma psicóloga quando uma pessoa senta na minha cadeira, pois, enquanto eu a maquio, nós conversamos sobre mil coisas, e finalizado nosso tempo juntas, eu vejo o sorriso e a felicidade no rosto dela, o sentimento de “estou pronta”, seja pra curtir uma festa, encarar uma reunião, se casar, ou o que for… E eu fico muito feliz em fazer parte desses momentos.

Além de maquiar, também ministro aulas. E através do Senac Mogi Guaçu, ministrei aulas no projeto social do CRAS em Jaguariúna, onde mulheres de todas as idades (e com as mais diversas histórias de vida) aprenderam a se maquiar para a vida real e aprenderam um pouco sobre como é o trabalho de um maquiador. Esse tipo de ação abre os pensamentos e muitas portas na vida dessas pessoas, pois dali, dessas aulas de automaquiagem, surge a ideia de se dedicar a uma nova profissão e obter renda extra. Além, óbvio, do fato de aprenderem a se maquiar, e com isso, se sentirem mais confiantes em seus cotidianos.

Toda a aula era uma alegria só! Adorei esse contato com elas, todas muito animadas e felizes cada vez que conseguiam fazer um contorno, delinear os olhos e usar os mais diversos produtos.

Aqui algumas fotos dos nossos encontros e a matéria publicada no jornal de Jaguariúna:CRAS JAGUARIUNA (1) CRAS JAGUARIUNA (2) CRAS JAGUARIUNA (3) CRAS JAGUARIUNA (4) CRAS JAGUARIUNA (5) CRAS JAGUARIUNA (6) CRAS JAGUARIUNA (7) CRAS JAGUARIUNA (8) CRAS JAGUARIUNA (9) CRAS JAGUARIUNA (10) CRAS JAGUARIUNA (11) CRAS JAGUARIUNA (12) CRAS JAGUARIUNA (13) CRAS JAGUARIUNA (14) CRAS JAGUARIUNA (15) CRAS JAGUARIUNA (17)São ações como essas que engrandecem nossas almas.

 

Lu Fuini.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *